Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Doce Cafeína

Doce Cafeína

01
Out21

Regressão

Cafeína

Desde muito cedo que me interesso por terapias alternativas.

Este interesse levou-me a fazer os meus cursos e hoje, estou interiormente e profissionalmente apta para exercer algumas terapias, sendo que há duas que me apaixonam e que eu acarinho de uma forma especial: Leitura de Aura e Regressão.

No que diz respeito à leitura de Aura fascina-me o mergulhar no campo energético da pessoa e perceber as mensagens e imagens que me são mostradas. Na Regressão fascinam-me os resultados.

Uma colega de trabalho escolheu-me para sua terapeuta há algum tempo e ontem quis fazer Regressão. E fizemos.

No ínicio, eu estava um pouco nervosa mas quando vi que ela se estava a entregar e estava relaxada também eu fiquei mais calma. No decorrer daquela sessão ouvi coisas muito bonitas e marcantes, que certamente não esquecerei. Foi um mar de emoções e um turbilhão de sentimentos que a levaram a abraçar-me forte quando a trouxe de volta.

Fui para casa de coração cheio e hoje,segundo o feedback ela está serena e bem disposta.

Sinto-me muito grata ao Universo.

 

05
Ago21

Terapias

Cafeína

Já me confessei uma apaixonada pelas terapias alternativas.

Há qualquer coisa que me fascina nessa espécie de mundo entre o misterioso e o inatingivel. Ao longo das minhas buscas interiores tenho experimentado um pouco aqui e um pouco ali e fui dando passos nesta vida de cura interior, nomeadamente a espiritual.

Sou Mestre Reiki, terapeuta da Aura e Regressão. Tenho tido e vivido experiências muito bonitas e enriquecedoras, tenho encontrado respostas e ferramentas que me ajudam a lidar com coisas menos boas do dia a dia.

Em virtude do post anterior, hoje vou partilhar o dia em que me submeti voluntariamente a uma sessão de regressão e me permiti a mergulhar numa vida passada.

Numa das aulas, a Mestre pediu uma voluntária (a turma era constituida por dez mulheres) e eu como sou muito curiosa meti o dedo no ar.  Com um semblante muito carinhoso ela perguntou-me o que eu queria tentar saber ou tratar, ao qual eu respondi e expus a minha necessidade em entender a minha forte ligação com determinada pessoa.

E começámos. Devo dizer que embora num soninho profundo eu estive sempre consciente. E lá fui eu, ao som da sua voz mergulhar no íntimo da minha alma e desvendar códigos secretos mas tão necessários a quem necessita em perceber mais além daquilo que vê. Passei por várias fases e entrei numa das minhas vidas passadas, onde vi e experimentei sentimentos que outrora foram meus mas num outro corpo, num outro país, num ano bem lá longe. Eu vi-me. Reconheci-me naquela figura que nem sequer é do mesmo género com que vim ao mundo. Pois é sapinhos... aqui a cafeína já foi um gaijo rapagão todo giro, pedaço de mau caminho e com uma paixão incrivel e uma história de vida que fez chorar as minhas colegas enquanto assistiam.

Foi muito bom, foi esclarecdor e embora me tivessem remexido na alma, é uma experiência a repetir.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub