Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Doce Cafeína

Doce Cafeína

31
Mai22

Charlie Brown tinha uma stôra

Cafeína

Na sala onde trabalho, tenho várias colegas.

Por norma, cada uma desempenha as suas funções na respetiva secretária. Ora sucede que, a sala corresponde a um departamento e é frequentemente necessário o discutir da etapa seguinte para dar continuidade á coisa.

Somos todas mulheres e cada uma com seu feitiozinho (alguns de pegar com pinça) mas o que me causa muita curiosidade é o fato de uma das colegas responder minutos depois de se lhe perguntar algo. Como dei com a situação a tempo de não mexer com as minhas entranhas, ou não pergunto nada ou se pergunto, levanto-me, confirmo que ela está a olhar para mim e faço a questão. Na melhor das sortes consigo entender à primeira, se for dia de ter acordado do avesso sinto que estou a falar com a professora do Charlie Brown. E como dizia a outra: "prontos, lá vamos nós again"

Mas gente da minha sapolândia, quando a chefia entra na sala e diz "Bom dia" e algum blá blá blá ( em que é suposto sorrir e manter) a colega aguarda que ela saia da sala para responder: "Bom dia" 

Epá... ás vezes até acho piada...sei lá Charlie Brown era um querido e também tinha uma stôra... 

24
Mai22

O tamanho do pai

Cafeína

Ser mãe é muito bom, sem dúvida mas, sabem aqueles momentos em que os miúdos abrem a boca e lhe sai tudo aquilo que vocês não querem que saia e dão o rabinho e oito tostões para se enfiarem num qualquer buraco ? Pois bem, não me vou adiantar muito mas tive um momento desses ao jantar de ontem.

Sucede pois que, quando Cafeína-family vai laurear a pevide e necessita de ir ao wc, cada pirata vai com seu progenitor ( dado que a idade do mais velho ainda permite entrar no wc das senhoras acompanhado pela mãe) e assim se faz o alivio de uma forma rápida e até organizadinha.

Pois que o cafeína-caçula costuma ir com a mãe mas desta vez até foi com o pai. Ok, tudo bem. No final do dia regressámos à casa, Domingo à noite e tal, dia de preparar as coisas para segunda-feira, ao jantar tudo tranquilo, não me passava pois pela cabeça o que ia na cabecita do mais novo. Ele até foi santinho e se comportou.

Ontem ao jantar, o puto solta a bomba e diz: "Quando crescer quero ser todo do tamanho do pai!"  

Como? Não percebi. 

"Ó Cafeína-varão eu vi e quero ser todo do tamanho do pai. E tu mãe, tu já viste?"

Mãe:  vi, filho vi 

Eu permito que deduzam o resto da conversa mas por favor não me façam mais perguntas 

17
Mai22

Desilusões

Cafeína

Se há coisas que me causam desconforto é sentir que me cobram isto ou aquilo e que " porque é assim que deve ser" que eu tenho que fazer.

Tenho uma vivência muito vinculada em relação a "obrigações" que ficam bem fazer porque se não as fizer ou escolher outro caminho já sou muito fria, desapegada e blá blá blá. E confesso que me causa uma dor enorme quando este tipo de comentários vem da minha mãe. E não é pelo facto de vir da minha mãe ou de termos posturas diferentes perante a vida. É sim porque ambas vivenciamos experiências muito "beras" e uma grande desilusão com o meu pai e custa-me muito perceber que houve todo um caminho que ela inconscientemente ignorou e nem se apercebeu.

Não tenho relação filha/pai com ele e tenho esta situação bem resolvida. Não lhe desejo mal nenhum, sabendo que está bem de saúde já me chega mas ponto final, paragrafo. Não passa daí. Se é bonita a situação? Não. Mas assim não me intoxifica e tudo bem.

Agora, quando toca ao relacionamento com a minha mãe e me aprecebo que sou boa filha e sempre tenho sido, o sentimento que me invade é de tiro no escuro, no pé, é de vacuo e até de alguma ingratidão da parte dela sempre que eu tento ser correta e ela me exige mais. Porque nunca lidou com o fato de não ter um lar com a paz que sonhou, nunca trabalhou essa situação e embora eu nada tenho contribuido para isso, é de mim que ela exige isto e aquilo.

E estou triste com isso, francamente triste.

Perdoem-me o desabafo mas estava mesmo a precisar.

13
Mai22

âncoras

Cafeína

Gosto do símbolo da âncora.

Remete-me para o mar pelo qual tenho fascinio, embora não goste de fazer praia e prefira conversar com o mar no Inverno.

Para mim, a âncora tem vários significados, a firmeza, a estabilidade, o foco, e por ter os braços em cruz, significa também o alinhamento com o Céu, com O Divino e o Espiritual. Dizem que é também o símbolo das grandes amizades.

Gosto de olhar para uma âncora e ver nela a beleza da protecção e da estabilidade, não de algo que prende mas de algo que nos permite encontrar e regressar ao nosso ponto de abrigo e porto seguro.

É como quando se sai de casa dos pais, e nos é permitido voar livremente mas permanece a porta aberta daquele porto que nos abriga e permite aninhar quando os ventos sopram mais desfavoráveis.

É um dos fascínios que trago comigo.

Hoje por ser 13 de Maio, dia de Nossa Senhora, deixo este post dedicado também a Ela que tem sempre sido minha âncora, meu pilar, meu porto seguro.

11
Mai22

Café

Cafeína

Cafeína precisa de café, ama café e respira café.

Sucede que, aqui na chafarica laboral, a máquina está ora avariada, ora sem café, o que traz danos colaterais para Cafeína porque além de ficar com neurose aguda, fruto da ressaca da sua bebida favorita, fica extremamente caladinha.

As colegas do lado já perceberam e com muito cuidadinho pedem para ajudar nos ofícios. Cafeína acha piada por sentir tamanho respeito  e já avisou que apesar da ausência de café, cafeína é inofensiva.

E vocês, que vos faz ficar assim?

 

10
Mai22

Mudei de casa

Cafeína

No último post, havia dito que iria fazer um esforço para escrever mais assiduamente. No entanto, permaneci ausente durante estes dias mas foi por um bom motivo: Mudei de casa!

Mudei de casa, mudei de cidade, mudei de ares. Tenho tido muito trabalho e tenho feito as arrumações em simultâneo mas tinha no meu consciente o vir aqui escrever e partilhar esta alegria convosco.

Pois é pessoal! Cafeína-family andou em mudanças e está num processo novo de adaptação. Os pequenos estão muito animados e eu também estou muito feliz, a ponto de comprar flores para alegrar a sala (eu que nunca fui destas coisas ). Enfim! A idade 

Ha dois tipos de sentimento nesta fase: O sentir que foi uma mudança de muita coragem e o saber que conseguimos fazê-la! É uma sensação de friozinho no estomâgo em simultâneo com a sensação de felicidade por termos chegado até aqui!

Vamos ver o que nos reserva o futuro! 

E vocês? como estão?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub